21 dez

Inicialmente fundada por romanos como uma pequena cidade portuária, Barcelona é um dos destaques turísticos principais da Espanha, sendo possível sempre encontrar turistas visitando seus pontos turísticos, praias e se divertindo em sua vida noturna. Parte da identidade do local foi composta graças a criatividade do arquiteto catalão Antoni Gaudí que projetou diversos edifícios que se tornaram ícones da arquitetura local, transformando a cidade em a capital do modernismo catalão. Conheça alguns locais imperdíveis para visita.

Templo Expiatório da Sagrada Família

O grande templo católico de Barcelona foi desenhado pelo arquiteto Antoni Gaúdi. Considerado sua obra prima, a Sagrada Família foi inicialmente construída em estilo neogótico, mas modificada quando o arquiteto assumiu o projeto, ainda inacabado. Como a construção é realizada apenas com donativos, estima-se que somente em 2030 o templo será finalizado.

A intenção de Gaudi era promover um monumento que explicitasse a simbologia religiosa em grandiosidade e história. Quando o projeto for finalizado, o templo terá 170 metros de altura e 18 torres, dedicadas aos 12 apóstolos, aos 4 evangelistas, uma a Jesus e outra a Maria.

Casa Batlló

Conhecida como a casa das máscaras ou a casa dos ossos, a Casa Batlló representa o período mais criativo do modernista Antoni Gaudí. Declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO em 2005. Atualmente, grande parte do edifício é aberto a visitação pública, apresentando detalhes sobre o processo de criação e com informações sobre demais obra de Gaudí. O edifício simboliza uma espécie de quadro impressionista com seus muros ondulados e coloridos. Cada área do local apresenta um estilo único, ressaltando todo o cuidado detalhado do artista em compor o espaço, resultando em um edifício completamente artístico.

Bairro Gótico

A história do Bairro Gótico está marcada em suas construções. Construída no mesmo espaço em que um dia foi uma cidade romana, o local é marcado por diversos tempos históricos e etnias diversas como católicos, muçulmanos e judeus. Um espaço rico em história e passado. É neste bairro que se encontram diversos monumentos arquitetônicos como a Catedral de Barcelona, que demorou mais de 150 anos para ser completada. Ao lado da Catedral, na Plaza Nova é possível ver parte da muralha da época romana.

Museu Picasso

Dedicado a um dos grandes pintores espanhóis, o Museu Picasso conta com mais de 3800 obras abrangendo as diversas fases do pintor, divididas em salas específicas, com ênfase na época de juventude a qual viveu em Barcelona. Aberto há mais de 50 anos, o espaço ocupa cinco palácios góticos que foram reformados e interligados. No local há também diversos esboços, desenhos e estudos realizados antes da composição dos quadros. É possível fazer uma visita guiada com agendamento prévio.

Estádio Camp Nou, Fútbol Club Barcelona

Localizado na Avenida Aristides Mallol, no distrito de Les Corts, o Camp Nou (campo novo, em catalão) é a sede do Fútbol Club Barcelona. Projetado pelos arquitetos Josep Soteras Mauri, Francesc Mitjans, Lorenzo García Barbón, o estádio foi construindo entre 1955 a 1957 e foi cenário de grandes jogos como as partidas da Copa do Mundo de 1982. Aos fanáticos por futebol que desejam visitar o local, a visita é dividida em três partes.

O Museu FBC apresenta a trajetória do Barça em troféus e importantes objetos de jogadores famosos da história do clube. A Zona Multimídia fornece painéis e vídeos interativos com diversas informações e datas históricas. Por fim, o Tour de Camp Nou é a visita ao estádio, conhecendo desde o vestiário do time visitante ao gramado e arquibancadas, sendo possível fotografar qualquer um desses locais sem restrição.



Tags: , , , , , ,