Continua após a publicidade..

Airbnb incentivou os parisienses a colocarem suas casas à venda para as Olimpíadas

A Airbnb espera “abrigar” cerca de meio milhão de pessoas em Paris durante os Jogos Olímpicos do próximo ano, e o CEO da empresa, Brian Chesky, apelou aos parisienses para “colocarem as suas casas no mercado”, noticiou a Reuters, citada pela BTA.

Continua após a publicidade..

Quanto maior a oferta, mais moderados serão os preços, disse Chesky, na tentativa de acalmar as preocupações de que os preços dos aluguéis durante os Jogos possam atingir valores “disparados” e ser inacessíveis para muitos. “Muitas pessoas procuram alojamento e não há quartos de hotel suficientes em Paris para todos”, sublinhou Chesky.

A expectativa do posto de turismo de Paris é que durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do próximo ano, Paris e seus arredores sejam visitados por cerca de 16 milhões de pessoas.

“De acordo com pesquisas, cerca de 20% dos parisienses estão dispostos a abrir as suas casas aos inquilinos. Se os oferecerem no Airbnb, haverá lugares suficientes para todos e os preços permanecerão a um nível acessível.”, Chesky disse. “Se isso não acontecer, os preços vão subir”, alertou.

Continua após a publicidade..

A Airbnb, que já se tornou parceira dos Jogos Olímpicos em 2019, está sob pressão das autoridades locais em muitos países do mundo devido à concorrência entre arrendamentos de curta duração e arrendamentos de habitação de longa duração.

Chesky especificou que os possíveis anfitriões que oferecessem as melhores tarifas receberiam prioridade de pesquisa. “E embora os preços dos hotéis estejam subindo, o Airbnb certamente oferecerá melhores condições durante as Olimpíadas”, concluiu Chesky.

Redaçao Viagens

Redaçao Viagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *